Sóror Maria Natália Magdolna

victoriosa-reina-del-mundoSóror Maria Natália das Irmãs de Santa Maria Madalena , nasceu em 1901 perto de Pozsony, na actual Eslováquia. Seus pais eram artesãos de origem alemã. Ainda jovem aprendeu o Húngaro e o alemão, e mais tarde o francês. Recebeu as mensagens em húngaro. Teve uma vida cheia de Deus, e de acontecimentos políticos, e de sofrimentos a pedido de Jesus pelos sacerdotes. Morreu a 24 de Abril de 1992, em odor de santidade. Desde criança percebeu sua vocação religiosa, e fortes experiências místicas. e aos 17 anos entrou no convento de Pozsony, e aos 33 anos adoeceu e a remeteram para a Hungria, sua pátria, para viver no convento de Budapest e Keeskemet, onde começou sua locuções interiores e visões; sobre o destino da Hungria e do mundo. Suas mensagens são um chamado à reparação dos pecados, à emenda e à devoção ao Coração Imaculado de Maria como a Vitoriosa Rainha do Mundo; escreveu as mensagens entre os anos de 1939 e 1943. Sóror Natália, durante a Segunda Guerra Mundial aconselhou o Papa Pio XII, que não fosse para o Castelgandolfo, porque seria bombardeado  como de facto o foi. Sóror Natália teve que transmitir duras mensagens à hierarquia Católica, a pedido de Jesus, convocando a todos ao ”Apostolado da Emenda”.

No período mais difícil, Sóror Natália compartiu a sorte de suas irmãs religiosas e teve que viver escondida, mas sua vida mística continuou, sob a orientação de seu director espiritual, seus escritos são um verdadeiro tesouro místico de grande valor, comparado a Santa Catarina de Sena, Santa Teresa de Jesus ou Santa Gertrudes, com mensagens, ensinamentos, avisos dirigidos a todos e em especial aos sacerdotes e consagrados; Sóror Natália aceitou suportar sofrimentos incríveis, tanto no corpo como na alma, pelos ”Filhos Sacerdotes de Jesus”.

Fragmentos de seus escritos:

Visitada por Nossa Senhora:

Comecei a ler a sagrada Bíblia às escondidas. A primeira lição que me tocou a fundo foi: ”Não julgues para que não te julguem e o que tu faças pelo menor de meus irmãos, Me tens feito a Mim”(…). Uma tarde de verão, perto do por do sol, sentei-me em silêncio por detrás de minha casa, no primeiro degrau da escada. Ao contemplar a beleza do céu, senti como se minha alma fosse voar para lá. De repente se abriu a grande do jardim e entrou uma mulher. Eu brinquei e corri para Ela. Era formosa e uma felicidade devota e sobrenatural irradiava d’Ela. Disse: -Tomara que esta seja a casa que me receba. Fecharam-me as portas nas outras casa aonde cheguei. ”Não há lugar”, disseram-me. Em outros lugares me retiraram sem maiores explicações. Comecei nesta fileira de casas e não me tem passado nenhum desde a ponte até aqui.
-Me agrada a pessoa de bom coração- falou novamente. Me dás hospedagem?
-Sim! disse-lhe. Corri dentro de casa até minha mãe. Rapidamente lhe revelei a hóspede: ”É uma senhora formosa, diferente de nós; sua saia é escura e cobre os tornozelos; pede para ficar connosco esta noite. Nem sequer pede uma cama, uma cadeira é suficiente ou um banco”. Depois disto corri para meu pai. Ele era um homem sério e perguntou: ”Quem é esta desconhecida?” Eu descrevi com medo que a despedisse. Mas meu pai concordou em que ficasse. ”Olha, minha pequena disse-me-, de algum modo podemos acomodar a inesperada hóspede; não temos muito espaço, mas deixa que ela fique. A noite estava fria, por isso fizemos um pouco de fogo na casa.
A Senhora sentou-se numa cadeira na cozinha e eu sentei-me a seu lado no chão. Começou a falar-me do Céu. Eu escutava todas as palavras e minha alma regozijava-se de felicidade. Perguntei-lhe se queria comer connosco, mas ela só pediu um pedacinho de pão e chá. Enquanto comíamos, ela me falou da vida dos santos; de São Francisco de Assis. Eu lhe disse que queria servir muitíssimo a Deus e ser religiosa.
-O serás- disse-, e sua voz era firme.
-De onde vem?  perguntei-lhe.
-Venho de Viena, de um claustro.
-Deveras? Disse-lhe, com alegria. Por favor, leve-me para lá também; não importa que eu seja ainda pequena, supliquei-lhe.
-Aonde eu vou agora, não te posso levar. Porém, sim mais tarde- me contestou.
O Sino da Igreja tocou o Ângelus. A Senhora estava absorta em oração, parecia ensimesmada, de toda sua pessoa irradiava majestade e beleza celestiais. Eu estava assustada, somente mais tarde me dei conta que era Nossa Mãe Santíssima. Era hora de ir para cama. Disse à Senhora, baixando meus olhos de vergonha, que nós não tínhamos quarto de hóspede, de modo que ela tinha que dormir no meu enquanto meus pais iriam para outro quarto. Ela concordou com tudo.

-Nós temos espaço suficiente-disse.
Meu coração alegrou-se. Eu era uma criança esbelta e lhe disse que podia tirar seu pequeno xale.
-Não importa, falou sorrindo. Corri até meu pai e disse:
-Papai, eu não sei o que fazer. Pedi à Senhora se queria dormir comigo.
-Está bem, se tu o queres. Mas se ela não quer ir para cama, deixa-a na cadeira. Eu me acostarei num banco no outro quarto; deste modo estarei perto para qualquer emergência.
Regressei com a Senhora. Sentamos-nos na cama em tirarmos a roupa. Ela pregou durante toda a noite sobre o céu. Não pude fechar os olhos por que tudo que falava era demasiado luminoso.
Pela manhã disse-lhe que iria para Missa. Ela quis ir comigo. Durante a Missa quase não me atrevi a mover-me. Fomos juntas comungar. Depois da Missa um acólito veio dizer-me, que o vigário queria falar-me.
-Vou em seguida, mas deixa-me acompanhar minha hóspede até fora do povoado. Com efeito, a Senhora estava tomando o caminho de Stomfa, um povoado próximo. Perguntei-lhe se conhecia o caminho, e o mostrei.
-Primeiro sobe até o morro e logo ao descer verá em seguida as casas do povoado. Ela me agradeceu por passar a noite em minha casa. Disse-lhe novamente: – Eu gostaria de ser religiosa.
-Laudetur, Jesus Christus! me contestou em latim( louvado seja Jesus Cristo!)
Depois de haver dado alguns passos, voltei-me para vê-la novamente, porque era difícil separar-me dEla; e qual não foi minha surpresa, não a vi por nenhum lado. Em minha infantil ingenuidade pensei: ”Talvez, nem o Senhor Jesus a pode alcançar!”
-Quem era essa Senhora, Marikita? perguntou-me. Certamente não era deste mundo!
-A mim, disse-me que se eu rezar muito poderei ser religiosa.
-Respondi-lhe com certo orgulho de menina.
O sacerdote ficou pensativo, e depois me disse:- Eu vacilei em dar-lhe a comunhão. Quando lhe ofereci a sagrada Hóstia, seu rosto estava esplendoroso, cheio de luz; e luz também saía de sua boca. A sagrada Hóstia voou de meus dedos. Ela recebeu a comunhão nesta luz. Realmente tive medo deste fenómeno extraordinário. Ela pareceu-me a eternidade gloriosa. Ainda na sacristia continuava tremendo.

Mensagem aos Sacerdotes

Santifiquem-se e rezem pelas almas!
Uma noite, Jesus me disse o seguinte, dirigindo-se aos sacerdotes: ”Vim ao mundo pelo bem das almas. É sua vocação e seu dever salvá-las. Se vocês permanecem em Mim e em meu amor, sairão vitoriosos”.
Logo se voltou para mim e disse: ”Esposa minha, que padeces comigo, esta noite alguns sacerdotes vão me ofender gravemente. Pelos méritos de teu sacrifício libertarei alguns deles de seus pecados, mas quem fará sacrifícios pelos outros? Morreria por eles novamente, cada vez que eles desferem suas feridas mortais em meu Coração”.
Eu sofri junto com Jesus por essas almas. Aceitaria todos os sofrimentos do mundo se pudesse evitar um pecado grave que ofendesse a meu Jesus.
Disse-lhe:- Meu querido Jesus, estou disposta a fazer qualquer sacrifício.
E respondeu:- Flagela-te hoje; assim poso livrar meus extraviados sacerdotes do pecado e acolhê-los de novo em meu Coração. Nesse tempo meus superiores me dispensaram da oração comunitária por causa das graças extraordinárias que elas viam tão claramente em mim, e assim pude fazer em segredo o que Jesus me pedia.

Purificação do mundo

Uma vez, numa visão, o Senhor me mostrou como a maior parte do mundo se converteria numa ruína. Vi cidades e aldeias, e tudo parecia como um bosque depois de um incêndio. Não havia sinal de vida em lugar algum. De repente apareceu o Divino Salvador. Vi como caminhava entre as ruínas. Levantou sua mão direita para o céu, enquanto sua esquerda apontava o mundo. Eu lhe perguntei: -Meu Jesus, que está fazendo entre estas ruínas?
Ele me respondeu: -Estou buscando um lugar para semear as sementes da promessa de meu Pai Celestial, mas tudo está queimado em ruínas.
Eu entendi que sua mão direita, levantada para o Céu, significava o iminente castigo, enquanto sua mão esquerda, apontando para o mundo, representava sua prolongada misericórdia. Conforme eu via na visão, um escrito aparecia acima da direita de Jesus:- Isto não sucederá se meu povo se converte. Por meio da reparação o Pai Celestial terá misericórdia do mundo.
Então entendi um dos segredos do Divino Coração: muitos não poderiam nascer se viesse está ruína total. Seu Divino Coração, infinitamente bom, tinha pena daquelas almas que por isto não teriam a oportunidade de ganhar a glória eterna.

”Eu te digo outra vez”; disse Jesus:- ”Reza para que antes que cheguem a santa paz e a grande misericórdia para o mundo, os pecadores se convertam a Deus e aceitem sua misericórdia, emendando suas vidas. De outro modo os que se tenham convertidos antes ou durante este período de graça , morrerão eternamente. Vocês, os justos, não devem ter medo. Rezem e confiem no poder da santa oração. Alegrem-Me porque encontraram misericórdia em Meu Pai Celestial. Não tenham medo, melhor, alegrem-se, porque minha Mãe Imaculada com seu poder de Rainha, cheia de Graça, junto com as legiões Celestiais de Anjos, aniquilará as forças do inferno.

O Poder do Triunfo do Imaculado Coração de Maria

Jesus disse. -”Este mundo está obstinado em sua maldade. Como esta obstinada maldade cresce, por isso o mundo está se afastando mais e mais de Mim. Mas Eu não posso arrepender-Me de Meu Amor. Eu estendo minha mão para eles, e é Misericórdia e castigo ao mesmo tempo. Misericórdia e amor para aqueles que Me amam, e castigo para aqueles que Me desprezam. Se Eu falo a ti, tu ouves a voz d’Aquele que está acima de todas as coisas no universo. Se estendo minha mão para ti, minha Mãe Imaculada aparecerá para que tu possas ser salva. Maldade engendra mais maldade. O mundo alcançou o ponto onde a mesma maldade pede trégua. O poder de minha Mãe Imaculada é capaz de devolver os rios a seu curso e de acalmar o mar embravecido. Ela será tua ajuda. Já faz tempo, nestes dias, o Coração Imaculado de Maria tem impedido a catástrofe do mundo. Um terrível destino espera a humanidade se os homens não se convertem. O Senhor Jesus deseja dar suas graças através de Nossa Mãe Imaculada. É por isto que a Santíssima Virgem é a que nos chama ao arrependimento. O Senhor Jesus deseja nos dar suas graças através da intercessão de nossa formosa, bendita e Vitoriosa Mãe, quem incessantemente reza pela humanidade.”

Vi o Espírito Santo de Deus inundar o mundo como fogo devastador. Este fogo não trazia paz nem misericórdia, só castigo. Onde quer que a chama do Espírito Santo penetrasse os espíritos malignos caíam no inferno aos milhares. Mas antes que tudo fosse destruído, vi a Santíssima Virgem de Joelhos diante de Jesus, rezando e implorando misericórdia para o mundo. Jesus não olhou, mas observou ao Pai Celestial, o qual não afastou sua mão estendida sobre o mundo em sua justa ira. Então a Santíssima Virgem tirou de seu ombro o manto de Paz e cobriu o mundo com ele. Todas aquelas partes do mundo que ficaram cobertas com o manto de Maria, escaparam ao castigo e brilharam com a cor azul da paz. Porém onde o manto não cobria a superfície, a cor vermelha da ira se podia ver ardente como um tição. Entendi que nós podemos escapar do justo castigo de Deus somente se buscarmos refúgio sob o manto de Nossa Santíssima Mãe e implorarmos misericórdia através d’Ela.

As provações da Igreja

O Senhor Jesus me fez saber que grande confusão e terror reinarão na Igreja exactamente antes da Vitória que Ele trará ao mundo. A razão desta confusão será que a impiedade penetrará até os santuários fechados da Igreja;  a tradição será violada e haverá um espírito mundano em todas as partes. Esta calamidade irá junto com o ódio entre as nações, que terminará com o estalido de muitas  guerras . Muitos atacarão a Igreja: seu objectivo será afastar os cristãos da Igreja, para tirar-lhes a confiança nele e desse modo se converterem em presas de satanás. O Salvador disse: –”A mão direita de Meu Pai aniquilará todos os pecadores que, apesar das advertências e o período de graças e o incansável esforço da Igreja, não se convertam”. Mas o Salvador não me disse como passará.

Tempo de Paz

Jesus mostrou numa visão que depois da purificação a humanidade viverá uma vida pura e angelical. Acabar-se-ão os pecados contra o sexto mandamento, o adultério e também as mentiras. O Salvador me mostrou que um amor incessante, a felicidade e gozo divino serão o sinal do mundo futuro. Vi a graça de Deus derramar-se abundantemente sobre toda a terra, e satanás e o pecado completamente derrotados. Depois da grande purificação, a vida dos religiosos e dos leigos estará cheia de amor e pureza. O mundo purificado gozará da paz do Senhor através da Santíssima Virgem Maria. Porém o Senhor nunca me disse quando se realizará tudo isto.

Pode Jesus nos enviar mensagens hoje?

Jesus respondeu assim aos que não crêem que Ele possa enviar mensagens:
-Sacerdotes meus, que me amam, como podem acreditar que Eu não posso lhes enviar minhas palavras para que as almas melhorem? Eu lhes disse:- ”Estou convosco até o fim do mundo’‘(Mt 28,20). Posso estar inactivo quando estou convosco? Posso esta mudo quando sei que minhas palavras podem salvar milhares de almas? Posso desmascarar os falsos profetas e o farei! Se não pudesse, como posso ser Deus de amor, luz e providência?
Pedi arrependimento até com os primeiros homens: Adão e Eva. Pedi arrependimento por meio de meu precursor, João o Baptista. Não lhes pus Eu mesmo o exemplo de reparação e vida de sacrifício? Esta é a rezão pela qual permaneço nos sacrários, para conduzir as almas ao amor e a penitências. Não é por isto que vivo entre vocês nos templos, onde consolo o Pai Celestial tão ofendido? Então, se Eu mesmo desço até vocês com tão nobre gesto, por que se apartam de Mim? Alguns dias mais tarde, depois da sagrada Comunhão, Jesus me disse: ”Se meus sacerdotes pudessem ver o mundo sob a luz da verdade, veriam que o tenho mantido somente por causa das obras de reparação dos justos. As orações e reparações dos justos movem meu Coração a ter misericórdia com meu povo e a diminuir os bem merecidos castigos”.

Amargura

-Não me agrada que te acomodes na amargura. Quando estás na graça, não há motivo para estar triste. Às vezes tu dizes a todos o que te dói, buscando consolo, e Eu sou o último a quem tu recorres. Por que são somente as coisas do mundo que te causam alegrias?
Eu gostaria de ser o primeiro, o mais amado por ti, o primeiro a quem recorras quando tens problemas. Se tu confias somente em Mim, não tens motivos para ter amargura.

A Língua é um punhal

-Filha minha, a língua é como um punhal; provoca feridas e até pode matar espiritualmente. A pessoa que fere com a língua a seu vizinho, amigo , inimigo ou familiar; está no caminho da perdição, todo seu trabalho está destinado ao fracasso. E às pessoas que se sentem feridas pelos pecados da língua lhes digo: ”Devem aceitar esta humilhação com serenidade e humildade, porque nada é mais útil para a alma como a humilhação. Relembrem: Eu fui humilde. Meditem nisto. Eu quero viver nas almas profundamente humildes”. 

 Jesus rezando: Vi uma vez como Jesus rezava a seu Pai celestial, e lhe perguntei: -Jesus meu, por quem ou por que Vós estais rezando agora?
Respondeu:
– Filha minha. Eu rezo por aqueles que tu deverias ter rezado também. lmplorem ao Pai celestial para que a maldade dos homens na terra cesse logo. Rezem fervorosamente para que os corações dos homens possam logo estar cheios de uma santa e celestial paz, a paz que Eu trago à terra, para que possa  estender-se a todas as partes. Com minha oração obtive de meu Pai que o prazo de sofrimento termine logo para dar lugar à vinda do gozo celestial a vocês. Mas antes que este tempo chegue, vocês devem passar duras provas. Contudo, vocês podem mitigar o peso dessas provas com oração e a constante reparação. Por isso rezem fervorosamente e com grande confiança para que os anjos e os santos do céu  também supliquem misericórdia de Meu Pai celestial, junto comigo e Minha Mãe Imaculada. Consolem a Deus, profundamente ofendido, não só por seus pecados mas pelos pecados dos demais. Somente deste  modo pode a graça do grande milagre tornar efectiva em vocês a paz prometida.

A Confissão.

Há que ir sempre à confissão. Vi que quando alguém está se confessando Jesus abre suas chagas e seu Precioso Sangue flui de suas feridas gota a gota, enquanto o sacerdote dá a absolvição. Jesus me disse:-”Filha minha, vem confessar-te e diz-me algo porque Eu quero derramar outra vez Meu Sangue pela humanidade. Eu peço que se arrependam.”

 

Jesus procura almas para salva-las.

Uma vez assustei-me ao ver Jesus vestido como um mendigo, e eu lhe perguntei condoída:
-Meu querido Jesus, onde estiveste?
Respondeu-me:-A visitar meus sacerdotes.
O que é que querias deles?
-Pedia-lhes almas.
-Obtivestes algumas?
-Não, nenhuma.
-E por que?
-Porque estão mais preocupados em si próprios do que em salvar almas. Eles deveriam trabalhar incansavelmente na salvação das almas, deveriam negar-se a si mesmos e deixar toda classe de divertimentos, mas não o fazem; rezei assim por elas na cruz:-”Pai, em tuas mãos ponho suas almas, para que nenhuma delas se perca”. Filha minha, por favor, reza por elas dia e noite. Cada sacrifício faça-o por meus sacerdotes, para que no último juízo não estejam com as mãos vazias, tal como agora os encontrei.

A Misericórdia de Deus, no amor Misericordioso de Jesus.

Em certa ocasião recebi um livro e estava escrito que Nosso Senhor Jesus  Cristo , queixava-se de que as almas caíam no inferno como flocos de neve descidos dos Céus. Ao ler comovi-me até as lágrimas, e comecei a ver o mundo que está ao meu redor e em espírito rezei aos pés de Jesus. Então Jesus me disse:- Não chores, porque isto vem do espírito maligno que quer denegrir o Amor Misericordioso de Meu Pai. Entende , filha minha. Se as almas caíssem no inferno como caem os flocos de neve no inverno, meu Pai jamais haveria criado o homem. Mas criou porque quis derramar sobre suas criaturas a felicidade da Santíssima Trindade.
É verdade que o homem cometeu o pecado com sua desobediência, mas Meu Pai enviou o Filho, o qual com sua obediência o reparou todo. Somente caem nas trevas exteriores aquelas almas que até o último momento de sua existência rechaçam a Deus. Porém a alma que antes de abandonar o corpo disser com arrependimento: ”Meu Deus, sede misericordioso comigo”, já se livrou das trevas exteriores.
-Mas veja, minha filha, o” Amor Misericordioso de Meu Pai”, alcança inclusive os pecadores empedernido.
Por isso peço o oferecimento de vida que, com o sacrifício unido ao meu cruento Sacrifício, alcança a Justiça Divina, de modo que seja satisfeita, e desta maneira obtém a Misericórdia de Meu Pai , também para os corações endurecidos, pelo menos no último alento , ou último momento de sua vida. Por isso convocarei uma multidão de almas entregues para esta ”Pesca apostólica de almas”.

Oração de Oferecimento de Vida:

Meu amável Jesus, diante das Pessoas da Santíssima Trindade, diante de Nossa Mãe do Céu e de toda a Corte celeste, ofereço, segundo as intenções do Vosso Coração Eucarístico e as do Imaculado Coração de Maria Santíssima, toda minha vida, todas minhas santas Missas, Comunhões, boas obras, sacrifícios e sofrimentos, unido-os aos méritos de Vosso Santíssimo Sangue e Vossa morte de Cruz: para adorar a Gloriosa Santíssima Trindade, para oferecer-lhe reparação por nossas ofensas, pela união de nossa Santa Mãe Igreja, por nossos sacerdotes, pelas boas vocações sacerdotais e por todas as almas até o fim do mundo. Recebe, Meu Jesus, meu oferecimento de vida e concede-me graça para perseverar nele fielmente até o fim da minha vida .Amén.

 

Advertisements