Santo Ambrósio

Resultado de imagem para santo ambrosio

Santo Ambrósio é uma personalidade muito importante da história da Igreja, mas também tem o titulo de doutor marcado por toda a produção literária, que esse ”Doutor da Igreja” nos deixou.
Santo Ambrósio, faz-nos beber nas fontes da catequese que fundamentam a doutrina e a vivência dos sacramentos.
Também com os profundos conhecimentos da Bíblia e o tino prático de Pastor, nos transporta para a riqueza dos ritos, mostrando qual  a nossa missão no mundo.

A vida e obra deste santo homem passa-se num período decisivo para a sobrevivência e a renovação do cristianismo. No seu tempo havia uma crise político-eclesiástica, sob Juliano o apóstata, focalizando uma época  do esplendor do império, entretanto não era somente isso, sua família estava imersa na história romana e cristã. Seu pai como prefeito do pretório para as Gáleas, e funcionário portanto do Império. Sua mãe para alem de Ambrósio, teve Sátiro e Marcelina, que recebe o véu de virgem das mãos do Papa Libério, em 353, quando Ambrósio tinha de 20 a 30 anos. Nesta altura de sua vida, já completava a formação jurídico-literária e galgava os degraus da carreira administrativa.

Por volta do ano de 370 passou a governador da Ligúria e Emília, Província que abrangia os Alpes e desce até a Etrúria com sede em Milão. Depois da morte do bispo ariano, no ano de 374, os católicos elegem Ambrósio como sucessor e bispo de uma das mais importantes metrópoles da época. Assim foi baptizado e ordenado, passando a ser juiz e administrador, além de sacerdote e doutor.

Santo Ambrósio será quase inimitável com sua comunicação com o povo, os cristãos, e com os grandes personagens de sua época. Conselheiro dos pobres e de ricos, usava expressões como ”o imperador se situa dentro da Igreja, e não acima dela”. Era o pastor e homem público que se inspirava na Palavra de Deus e a praticava no dia-a-dia. Era original na na ascese, moral e liturgia, animava os cultos com cantos e hinos litúrgicos.

Escreveu 91 cartas que ele próprio reuniu em colecção, e temos através delas uma ideia de sua vida e obra num período de renovação do cristianismo. Escreveu também obras exegéticas, comentando a criação do mundo além de comentar ainda Salmos em duas séries de sermões, e muitos Comentários aos Evangelho segundo São Lucas, obra considerável, de carácter moral do que científico, como era de esperar. Escreveu sobre os Ofícios dos ministros, inspirando-se nas escrituras e nos conceitos antigos de como se é honesto e o útil. Também se preocupava com a força que a participação da mulher exercia na Igreja procurou se especializar-se na espiritualidade feminina. E uma série de obras sobre as virgens dá-lhe o título, aliás justo, de ”doutor da virgindade”.

Santo Ambrósio preocupava-se muito com as distorções doutrinárias da sua época, o arianismo que diminuíra a figura de Cristo, e isso motivou uma série de obras doutrinárias, conforme o Espírito Santo lhe inspirava, obras sobre a penitência e os Sacramentos, sempre na defesa dos direitos de Deus e da Igreja. A igreja educadora de  Santo Ambrósio, é um exemplo permanente para todos os cristão que desejam fazer o caminho espiritual com perfeição.

 

Advertisements