Monte Carmelo, Israel

monte-carmeloO Carmelo foi desde tempos imemoráveis um lugar «: uma montanha do actual Israel que se estende do Mediterrâneo – Porto de Haifa – até à planície da Galileia.

São cerca de 24 quilómetros de serras que nunca se elevam acima dos 800 metros. Situa-se a uns 40 quilómetros de Nazaré e a 120 de Jerusalém. No extremo oposto ao mar, o Carmelo é uma espécie de miradouro de onde se pode desfrutar uma gratificante vista panorâmica sobre Nazaré, avistando-se em frente o monte o Monte Tabor.

O Carmelo é uma montanha cheia de recordações bíblicas. “Karmel”, em hebraico, significa “Vinha do Senhor”, “pomar”, “jardim formoso”. Para o homem da Bíblia o Carmelo foi o símbolo da formosura, partilhada com o vale de Saron estendido a seus pés.

“A formosura do Carmelo e só Saron” é entoada pelos cânticos poéticos do profeta Isaías (35,2). É o único termo a que se pode comparar a beleza da Amada, segundo o Cântico dos Cânticos (7,5). Segundo Jeremias é terra de frutos abundantes que o Senhor preparou para os seus eleitos (2,7). É uma metáfora usada pelo mesmo profeta quando, para significar a desgraça do povo de Israel, só consegue dizer que com ela desapareceu o gozo e a alegria do Carmelo (16,10)

10459153_LVzggMas o nome do Monte Carmelo, está ligado, sobretudo, à figura ardente do profeta Elias, que o Livro dos Reis nos apresenta. Ele, perseguido pelo rei Acab e sua esposa Jezabel, refugia-se nas grutas deste monte. Desta solidão sai para com a sua palavra inflamada, defender a honra e a glória de Yhavé, de quem os israelitas se tinhas esquecido. Aqui tem lugar o sacrifício que, como desafio aos sacerdotes de Baal, o profeta oferece a Deus para demonstrar que só Ele é o Senhor do universo, ao qual se deve prestar culto. (1 Reis, 18). É a partir daqui, do cimo desta montanha, que o profeta vislumbra a simbólica “Nuvenzinha” que vai salvar Israel da seca e da morte por causa da fome e da sede, e se converterá depois em prefiguração simbólica de Maria.

maxresdefaultÉ neste mesmo monte, aproveitando a solidão acolhedora das grutas continuaram a viver os seus discípulos após ter sido arrebatado às alturas, deixando o seu espírito como herança a Eliseu, como este lhe havia pedido. Por conseguinte, o Carmelo representa, na tradição bíblica, o lugar, onde se estabeleceu a “Escola dos Profetas”. É assim como ainda hoje chamam a uma das suas grutas, transformada em centro de veneração de judeus e árabes.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s